Base Móvel em Jardim de Piranhas

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Traficante mais procurada do estado é presa pela Polícia Militar na zona sul de Natal

Uma das traficantes mais procuradas do Rio Grande do Norte foi presa na tarde desta quarta-feira (24), após uma informação enviada ao Disque Denúncia 127 do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPRN. 

Andreza Cristina Lima Leitão, a Andreza Patroa, foi presa por uma equipe das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), da Polícia Militar, no bairro de Ponta Negra, zona Sul de Natal. Andreza Patroa responde a processos por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa e é condenada a mais de 10 anos de detenção. Ela vai cumprir pena em uma unidade do sistema prisional potiguar.

Andreza Patroa era uma das chefes do tráfico de drogas na comunidade dos Coqueiros, área dominada por uma facção criminosa no bairro de Lagoa Nova. Segundo investigações do MPRN, anteriormente o tráfico de drogas na comunidade era comandado por Elinaldo César da Silva, o Sardinha, morto em 10 de setembro de 2016. No momento do crime, Andreza chegou a ser atingida por disparos na perna, foi socorrida para o hospital, mas deixou o local antes de ser atendida.

Segundo informações apuradas pelo Gaeco, Andreza Patroa era a companheira de Sardinha, com quem teve filhos. Depois da morte do traficante, Andreza e o irmão dela, José Alexandre Lima Leitão, conhecido como Espiga, “herdaram” os pontos de comercialização de drogas de fumo de Sardinha na comunidade de Coqueiros. A criminosa é considerada uma das maiores traficantes femininas do Rio Grande do Norte. Ela estava foragida e acumula três processos em andamento na Justiça potiguar, sendo dois por tráfico de drogas e um por integrar organizar criminosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário