Base Móvel em Jardim de Piranhas

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Trabalho da Central de Monitoramento do 6º BPM torna policiamento ainda mais eficiente. No vídeo, imagens do sistema em funcionamento

Não são apenas dois, quatro ou seis, e sim vários, vários olhos distribuídos pelos mais variados locais do corredor da folia. O Sd Gustavo, responsável pelo projeto e execução da montagem disse que para se fazer algo produtivo, foi feito todo um levantamento por parte do comando do 6º BPM, Ten. Coronel Costa, juntamente com o setor de inteligência da Polícia Militar.

"A cidade de Caicó ganhou mais uma novidade para trazer segurança a população e seus visitantes locais. Várias câmeras de vigilância e alta resolução foram espalhadas pela área central da cidade. Tudo isso gravado 24 h e ajudando aos órgãos públicos em vários setores ao mesmo tempo, seja ele na segurança, trânsito ou melhor distribuição das equipes de trabalho do evento para uma melhor execução dos serviços." Relatou o Ten. Coronel Costa.



Não estamos só no centro


E para quem pensa que os olhos da segurança estão apenas no setor comercial se engana. O equipamento utilizado pela polícia militar, tem a capacidade de acessar câmeras de residências ou comércios locais. Aumentando assim ainda mais a capacidade e eficiência da Polícia Militar em realizar as prisões em flagrante delito, contribuindo também para o serviço da Polícia Civil.

Ao todo, já são mais de 40 câmeras espalhadas, entre as fixas e as que podem ser acessadas pela PM. Estabelecimentos comerciais como, Shoping das Variedades, Casa dos Parafusos e Seridó Pneus, já são parceiros do monitoramento. Já em relação as câmeras das residências, essas são diversas e são acionadas (As câmeras externas) em caso de uma ocorrência nas proximidades. 

Um exemplo disso foi na última sexta-feira no bairro acampamento, onde as câmeras de segurança do edifício Laura Leite, conseguiram visualizar algumas pessoas que estavam praticando baderna e foram contidos pela Cavalaria.



Parceiros do projeto

Para viabilizar esse projeto, a Polícia Militar contou com a ajuda de alguns parceiros importantes, Prefeitura Municipal de Caicó, CDL, COSERN (Na liberação da utilização dos postes), GN Suporte e Digisol (que cederam as câmeras de vigilância) e por último ao provedor de Internet Net Mais, que cedeu vários pontos de internet com banda larga, para poder aguentar a resolução de imagens das câmeras IP.

De acordo com o Sd Gustavo, sem essas parcerias não teria sido possível tirar o projeto do papel e trazer todo esse benefício. Principalmente a questão do provedor de internet, já que para sistemas estruturados se faz necessário não só velocidade, é preciso ter um link de qualidade e equipamentos dentro da rede que suporte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário